Prefeitura Paulínia Prefeitura de Paulínia
Empresas na cidade
  Empresas na cidade  

  

Notícias

  




AÇÃO SOLIDÁRIA

 05/12/2018  - Fundo Social recebe doação de 1 tonelada de alimentos

Mantimentos foram doados pelo Colégio Lumen Verbi


AÇÃO SOLIDÁRIA



A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Paulínia, Fernanda Cazellato, recebeu na manhã desta terça-feira, 4, a doação de uma tonelada de alimentos.  Os mantimentos foram arrecadados por alunos do Colégio Lumen Verbi durante o mês de novembro.

De acordo com Fernanda Cazellato, as doações reforçam o compromisso do colégio com a cidade e a importância do social na formação de crianças e adolescentes. “Através do ato de doar transmitimos afeto e generosidade. Agradecemos a todos que contribuíram. Estas doações são importantes para que possamos atender ao maior número de pessoas possível”, comentou a presidente do Fundo Social.

“Faz parte do trabalho social desenvolvido pelo Lumen com as famílias de nossos alunos, pois a missão desta instituição é transmitir bons princípios e valores”, comentou Marcos Rogério de Assis Mattis, diretor acadêmico da instituição, que esteve presente no Paço Municipal para formalizar a doação.

A chefe de gabinete da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, Rita Coelho, participou do ato. “Tudo que foi doado será destinado as instituições de Paulínia e as famílias cadastradas junto à Prefeitura. Nossa equipe técnica estará ao lado da presidente do Fundo entregando em breve os mantimentos, que farão a diferença neste mês em que se celebra o natal”, explicou.

O secretário de Recursos Humanos, José Guimarães, esteve presente e parabenizou o Colégio Lumen pelo ato.

Sobre o Fundo Social

O Fundo Social de Solidariedade de Paulínia tem como missão promover o voluntariado, o social e realizar ações que possam arrecadar doações para atender munícipes que atravessam momentos difíceis.

A primeira-dama Fernanda Cazellato, foi nomeada presidente do Fundo na quinta-feira, 29, por meio do Decreto 7409 publicado na edição 1363 do Semanário Oficial de Paulínia.

O cargo é voluntário e Fernanda não será remunerada pela presidência.



Destaques