Prefeitura Paulínia Prefeitura de Paulínia
  • ReplanReplan
  • Jardim BotânicoJardim Botânico
  • Vista aérea da cidadeVista aérea da cidade
  • Ipês na CidadeIpês na Cidade

  

Notícias

  




Balanço 2016

 29/12/2016  - Prefeitura de Paulínia encerra 2016 com saldo positivo em áreas prioritárias




Balanço 2016



A Prefeitura de Paulínia encerra o ano de 2016 com saldo positivo nos setores da saúde, educação, promoção social e segurança pública, principais demandas da população.

Na saúde, foram entregues novas instalações de serviços médicos, implantados novos sistemas de atendimento, decretado o fim das filas para exames, entre outras ações.

Das novas instalações, foram entregues e já operam o CAPS-AD (Centro de Atenção Psicossocial-Álcool e Drogas), o CAPS-Centro de Convivência e o CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento).

Também já está em implantação final o novo Centro de Oncologia e os projetos das UPAs (unidades de pronto-atendimento) João Aranha e Cooperlotes estão concluídos.

“Essas novas instalações vão permitir uma melhora significativa na qualidade do atendimento à população, com mais conforto e humanização”, disse o prefeito José Pavan Junior.

No HMP (Hospital Municipal de Paulínia), a implantação do NIR (Núcleo Interno de Regulação) permitiu que mais pessoas fossem atendidas no pronto-socorro, com eficiência nos tratamentos.

Já a demanda reprimida de exames médicos como ressonância magnética, mamografia e ultrassonografia, e cirurgias de catarata, foi eliminada, em razão dos serviços prestados.

“Também incluímos na saúde a normalização do fornecimento de medicamentos e a compra de insumos e novos equipamentos médicos”, disse Ricardo Carajeleascow, secretário da Saúde.

Educação


Na área da educação, um dos destaques foi o aumento de beneficiados no programa Bolsa Educação, de concessão de bolsas de estudo em universidades e cursos técnicos.

O aumento foi de 26% no número de bolsas concedidas em relação a 2015, um recorde histórico no município. Foram bolsas integrais (100%) e parciais (65% e 35%), limitado por lei a 750 beneficiários.

Foram entregues reformas completas de escolas. Desde fevereiro de 2015, foram nove. Outras seis unidades estão com reformas em andamento e poderão ser entregues em 2017.

A Secretaria da Educação implantou a disciplina Convivência Ética nas escolas de ensino fundamental e fez encontros para a troca de experiências entre os professores municipais.

A prefeitura também realizou a 22ª edição do ENEP (Encontro Nacional de Educadores em Paulínia), com a participação de mais de 20 mil profissionais nos três dias do evento.

Além disso, a Secretaria da Educação encerra o ano sem fila para vagas de crianças em creches. Todos os pedidos foram atendidos, restando vagas para serem preenchidas.

Promoção Social


A Secretaria da Promoção e Desenvolvimento Social gerenciou todos os programas do PAS (Programa de Ação Social), implantado em 2010, pelo prefeito José Pavan Junior.

Entre os programas estão o Bolsa Amamentação, Renda Alimentação, Renda da Família, Viver em Família, Bolsa Educação, entre outras ações a grupos populares.

Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), Paulínia é, segundo a Caixa, o município nº 1 em gestão do Bolsa Família, programa do governo federal de complementação de renda.

A Promoção Social também gerencia importantes equipamentos para a população, como o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e o CREAS (de atenção especial).

Segurança Pública


Na área da segurança pública, a Prefeitura de Paulínia contratou 49 novos guardas municipais, após realização de concurso público em tempo recorde, desde as provas até a convocação.

Também foram feitos investimentos na compra de novos equipamentos, como armas letais e não-letais, projéteis e insumos (gás de pimenta, efeito moral e lacrimogênio).

A Secretaria da Segurança Pública também adquiriu novos equipamentos para o Corpo de Bombeiros, como macacões anti-chamas e capacetes. A frota de viaturas também será renovada.

Em razão disso tudo, Paulínia viu os índices de criminalidade caírem de 2014 para hoje. “Promovemos uma mudança histórica, com menos crimes na cidade”, disse Pavan.

Segundo os dados oficiais do Estado, no período (janeiro a novembro de 2014, em igual período de 2016) houve queda nos casos de roubos em geral (-7%), roubo de veículo (-45%) e furto de veículo (-26%). As mortes no trânsito caíram 33%.

Na parceria com o Exército, Paulínia recebeu pela primeira vez na história a Ação Cívico-Social –um dia inteiro de prestação de serviços e possibilidade de conhecimento para a população.

Outras áreas


Na Cultura, o prefeito José Pavan Junior garantiu a abertura do Theatro Municipal para todos os públicos, com peças e espetáculos a preços reduzidos e, muitas vezes, grátis.

Na Defesa Civil foram adquiridos novos equipamentos, para melhor resposta de atendimento. A secretaria ainda realizou eventos de projeção estadual no município, como treinamentos.

Na área de esportes, crianças e adolescentes puderam participar das escolinhas de esportes realizadas em diversas regiões da cidade, garantindo atividade no horário oposto ao da escola.

Na habitação, foram iniciados os processos para a construção de mais de 1.300 moradias populares, nos conjuntos habitacionais Residencial Bom Retiro e Residencial Campestre.

No ano da crise econômica brasileira, que gerou desemprego e atingiu a arrecadação dos municípios brasileiros, a prefeitura conseguiu encaminhar mais de 2.000 pessoas ao trabalho.

O programa “Emprega Paulínia”, da Secretaria da Indústria e Comércio, fez acordos para garantir vagas a paulinenses nas empreiteiras contratadas pela Petrobras para obras na Replan.

A Prefeitura de Paulínia manteve ainda o valor da tarifa do transporte coletivo a R$ 1,00. Em momento de crise econômica e desemprego, as famílias puderam contar com mais esse benefício, disse o prefeito.

Aos servidores, os salários foram pagos em dia e em dezembro antecipado ao período que rege a legislação. A crise econômica brasileira reduziu a arrecadação, mas a prefeitura cumpriu as obrigações, mantendo a qualidade no atendimento à população.

Apesar de todas as dificuldades, conseguimos fechar o ano com um balanço positivo. Nosso governo começou há apenas 21 meses e nesse período fizemos tudo o que foi possível, diante do cenário atual, para colocarmos Paulínia no rumo certo, devolvendo o orgulho das pessoas que aqui moram, afirmou Pavan Junior.

  • Bolsa Educação2912

  • Novos guardas municipais2912